sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Das coisas que eu aguardo que aconteçam rapidamente...

Que os pombos de Lisboa sigam o exemplo da outra passarada Mundo fora e se espatifem no chão.
Que as eleições cheguem depressa, porque já não há paciência para esta cumberseta da treta das acções, dos cheques, do vendeu a quem e dos 1500 euros transferidos.
Que o meu telemóvel toque.

E é tudo por agora.

2 comentários:

  1. Não! Nem apitou sequer, nem uma vibraçãozita que me faça vibrar! Tristeza! ;)

    ResponderEliminar