segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Vidas (ir)reais...

Não são os carros topo de gama nem as roupas caras que me impressionam. Nem morar-se numa zona in. Nem a possibilidade de férias gratuitas em paraísos tropicais. Nem os jantares demasiado caros nos sítios que a moda dita. Nem o "eu pago" dito com voz superior. Nem o conhecer-se x, y ou z. Tem que existir muito para além disto. Mais, muito mais, tão mais que isto. Porque afinal de contas, este "isto" não é nada. Não, não sou uma pessoa de "aparências". Até porque, e afinal de contas, nem tudo o que parece é.

2 comentários: